MACHO-ALFA vol.1

978-989-53349-0-2

Novo produto

Argumento de FILIPE DUARTE PINA e arte de OSVALDO MEDINA

Prefácio de Filipe Homem Fonseca

Mais detalhes

11,89 €

-10%

13,21 €

Adicionar à Lista de desejos

Mais informação

David Ferreira: cem vezes mais forte que o normal, pesa 980kg e estima-se que seja praticamente invulnerável. Exerce um constante auto-controlo para não magoar ninguém, evitando mesmo apertar mãos ou dar abraços.

David é o super-herói Macho-Alfa, a única pessoa com superpoderes em Portugal, e em todo o mundo. Mas... é desempregado, não tem amigos, e foi totalmente afastado de uma sociedade que ainda recentemente se apoiava nas suas incríveis habilidades para ganhar as suas guerras. Após tentativas de suicídio, David entra numa depressão que parece não ter fim. Será que alguma vez a sociedade o aceitará? Haverá lugar no mundo para um super-herói reformado e desiludido? E... os super-heróis têm mesmo de pagar segurança social?

Sobre o autor:

Filipe Duarte Pina (escritor de BRK, com arte de Filipe Andrade, e mais recentemente vencedor e Melhor Argumento no Amadora BD com a curta Mosntros, com arte de Nuno Lourenço Rodrigues, na antologia The Lisbon Studio Series: Silêncio) une forças a Osvaldo Medina, um dos veteranos da BD em Portugal (Kong the King, A Fórmula da Felicidade, etc...) para assinar o primeiro volume de quatro de uma saga super-heróica, super-divertida e super... trágica! Sim, Macho-Alfa é uma tragicomédia em 4 tomos, com um final (lá para o quarto e último álbum) que ninguém imagina e que irá surpreender. Mas até lá chegarmos, temos vários volumes de diversão, de humor negro e situações caricatas, hilariantes e tristes, e o caminho de um herói trágico que começa aqui, no volume um.

Haverá terapia para super-heróis? Ou, como diz Filipe Homem Fonseca no seu prefácio, “Pode-se tirar o Macho do Alfa, mas não se pode tirar o Alfa do Macho”?

Nascido em Angola, em Novembro de 73, Osvaldo Medina chega a Portugal no verão de 75. Vive em Lisboa desde então. Começa a desenhar e a ver as BDs que havia em casa muito antes de começar a primária. Ainda no ensino secundário começa a fazer "biscates" de ilustração que uma das suas professoras angariava. Em 1997 faz um pequeno curso de animação na produtora Animanostra (onde trabalha até hoje). Lança a sua primeira BD em 2009, A Fórmula da Felicidade, escrita por Nuno Duarte. Começa a dar aulas de animação em 2016 na Universidade Lusófona, isto sem deixar nunca de trabalhar em animação, publicidade, ilustração, e em basicamente tudo o que envolva desenho.

Filipe Duarte Pina nasce em 1979, e cedo pôs as mãos em videojogos, programando em BASIC algumas experiências para o ZX Spectrum. Co-fundador da Seed Studios e da Nerd Monkeys, produziu e lançou videojogos para Playstation, Nintendo DS, PC e mobile. Foi um dos pioneiros da moderna BD portuguesa, na sua qualidade de escritor e argumentista, com destaque para BRK, a BD que assinou com arte de Filipe Andrade e que marcou os anos 2000 do mercado da BD nacional. Mais recentemente, venceu o Prémio Amadora BD para Melhor Argumento de Álbum Português, pela sua curta Monstros (publicada na antologia The Lisbon Studio Series vol. 2: Silêncio), em conjunto com o desenhador Nuno Lourenço Rodrigues.

80 páginas, cores, capa dura.

Formato: 20 x 28