Promoção Brisas de Poesia Ver maior

Brisas de Poesia

978-989-54841-9-5

Novo produto

Por Adelina Santos

Brisas de Poesia, uma obra poética dedicada ao Amor, num apelo constante a todos os nossos sentidos.

Mais detalhes

12,74 €

-10%

14,15 €

Adicionar à Lista de desejos

Mais informação

Brisas de Poesia, uma obra poética dedicada ao Amor, num apelo constante a todos os nossos sentidos. A visão, símbolo da luz, do sol, da lua, irradia-se na melodia, no olfato de fragrâncias, no tato pelo acetinado das pétalas e do sabor pelo orvalho de um beijo ou num céu que dá abrigo, lugar infinito onde se renasce mesmo quando só existe a saudade de um amor perdido.

Uma obra de belos e ricos cenários campestres, onde o Amor é escalpelizado desde o desejo carnal ao que apazigua as inconstâncias do ser humano, como essência da existência.

Sobre a autora

Adelina Ferreira dos Santos nasceu a 16 de fevereiro de 1960, em Atães, Jovim, Gondomar.
Perdeu a visão aos 6 anos, pelo que teve de interromper a instrução primária. Só mais tarde, aos 12 anos, retomou a escola já como utilizadora do Sistema Braille. A tecnologia adaptada para
computadores permite-lhe desenvolver a sua grande paixão pela escrita, privilegiando a poesia enquanto motor de partilha dos seus sentimentos e valores.

Em 2011, Adelina Santos escreveu o seu primeiro livro, “No Tempo dos meus avós”, uma monografia sobre Gondomar.
Em 2012 obteve por duas vezes o segundo lugar com a sua participação em antologias de contos “Um livro com alma” e “Os cinco sentidos”.
Participou em diversas antologias de poesia do grupo Beira Ria, Chiado Editores, Vieira da Silva, Mimos e Livros, Solar de Poetas, segundo e terceiro volumes de Astronomia com Poesia, de Ruben Barbosa, entre outras.
Em 2015, publicou o seu primeiro livro de poesia, “Bocados de mim”.
Em 2019, publicou o segundo livro de poesia, “A nudez das palavras”.
Em 2019, ganhou o terceiro lugar internacional de poesia Academia de Artes e Letras de Ponte Nova, ALIPON.
Em 2020, edita o seu terceiro livro, “Brisas de Poesia”, uma obra singular pela sua leal dedicação à essência do Amor.